Marcas tem alma

Marcas desenvolvem-se, evoluem e, muitas vezes, morrem sem que seus gestores sequer percebam. Isso acontece  devido à dificuldade do corpo gestor em perceber sua marca tem alma. E como organismos vivos, vivem de relacionar-se com seus consumidores. A expressão costumer experience define um complexo processo para entender o relacionamento de uma empresa com seus clientes. É a percepção racional, física e emocional de um cliente com qualquer parte de uma organização. Essa percepção influencia o comportamento do cliente e constrói memórias que impulsionam sua lealdade e afetam o valor econômico gerado pela empresa. E são experiências que geram essa percepção.

O marketing de experiências usa ações coordenadas que têm o propósito principal de oferecer uma experiência única de consumo. Um bombom na cabeceira da cama de um quarto de hotel  - e por que não um bombom meio amargo na cabeceira da cama de um quarto de hotel ocupado por um hóspede que gosta de chocolate meio amargo –, uma jarra de água saborizada gelada a disposição de clientes em uma loja de roupas num dia de calor escaldante, um perfumista que ajuda a desenvolver uma fragrância personalizada aos clientes de uma marca de perfumes, são bons exemplos do quanto uma experiência – muitas vezes simples – pode gerar uma lembrança marcante e criar um relacionamento.

 

Sua Marca Tem AlmaSua Marca Tem Alma

 

Se nos basearmos no desenvolvimento de um relacionamento com nossos clientes, perceberemos que uma empresa não oferece apenas um produto, mas também toda uma gama de serviços que agregam valor a ele. Não basta oferecer um produto bom com preço justo, é preciso oferecer uma experiência única, uma lembrança sentimental.

São as experiências que uma marca que geram engajamento do cliente. A água saborizada numa loja da Le Lis Blanc, unida ao seu aroma característico, à seleção de músicas ambiente e à qualidade do café oferecido às clientes que entram na loja, é que fazem com que uma consumidora da marca ostente com sutileza, mas com orgulho os produtos que compra. Não é uma blusa de seda, é uma blusa de seda Le Lis Blanc, onde você pode saborear um delicioso café, enquanto relaxa ao som de músicas escolhidas a dedo para aquele momento do dia.

Se grandes marcas, com milhares de lojas e produtos, podem fazer um marketing de experiências tão efetivo, as pequenas podem fazer verdadeiras transformações na experiência de seus clientes. Como marcas pequenas tem menos clientes (em tese, obviamente) e menos produtos, podem oferecer serviços mais impactantes. Um brinde especial, baseado nas preferências do cliente, personalizando a experiência de compra. Um café, uma água, uma lembrança – como uma foto pessoal, postada na rede social do cliente, impressa de forma personalizada com o desejo de feliz aniversário – são simples de fazer e muito efetivas nos resultados que trazem.

Marcas tem alma, pessoas também. Experiências são a sedução em fazer com que ambos se apaixonem.